Skip to content

cowwealthcebillstosunamerzaterecbe.xyz

think, that you commit error..

Category: Alternative

Asas Da Noite - Trinta & Um - Não Há Regresso (CD)

8 thoughts on “ Asas Da Noite - Trinta & Um - Não Há Regresso (CD)

  1. As asas da noite pairam nas minhas mãos, onde pare a lua, com as estrelas. o universo; a indelével ausência de sentido ou o seu fio solto na maré. A esta hora da noite, não há um táxi que me transporte para o lado. do tempo, para que eu diga, num extenso e efusivo discurso: Lindo. (32) 31 (31) trinta e um (31) trinta-e-um (
  2. Asas da noite Está entardecendo o Sol está esfriando corre já ligeira brisa. Fiquei por ali errando. Uma ténue nevoaça encobre aquela linha que no horizonte a nossa fantasia traça. Num frisante deslizar. De súbito emergem e rasam asas pretas a estridular. Uma sensação de arrepio passou por mim, recolhi-me mas não encontrei a porta.
  3. Há noite aqui; Há palavras que nos beijam; Há quanto tempo não canto; Há quem diga; Há samba nas colinas de Lisboa; Há saudades toda a vida; Há sempre um tempo na vida *Jr Barradas* Há sempre um tempo na vida *Vasco* Há sempre uma nostalgia; Há tanta coisa no mundo; Há um mar; Há um silêncio entre nós; Há uma estrada na vida.
  4. Há saudares à partida Há saudades toda a vida Para quem deixou raízes Trovadores e marinheiros Mercadores e cavaleiros / Partiram daqui, um dia Passado que nos responde Queixa que no rio s'esconde / Como eco da Mouraria Pilares da ponte do Tejo Lisboa eterna que vejo / Povoada de mil vidas Vive os dias hora a hora.
  5. Sai um barco p'ra o mar Mas à noite há segredos Deixa-me eu te embalar Uma, duas ou três Tantas não sei contar Eu sei lá quantas vezes Sai um barco p'ra o mar Mas à noite há segredos Deixa-me eu te embalar * Francisco Ribeiro – violoncelo Gabriel Gomes – acordeão Pedro Ayres Magalhães – guitarra acústica Rodrigo Leão – teclados.
  6. Fomos a Alte chamar as rapinas da noite mas não as ouvimos não há as palmeiras da beira-mar. Por ali há vida, há sossego e muita paz de espírito. Na estrada alcatroada de regresso a.
  7. Mas um dia há-de chegar E o meu calor Há-de voltar Pra eu cantar. Eu canto a vida à procura Da noite segura E do meu segredo Porque eu sinto o gosto da vida Na terra aquecida De viver sem medo. Eu faço a minha poesia De noite e de dia De janela aberta Hoje eu canto a minha demora Pelo tempo fora Na minha voz certa. Mas nada acontece A quem.
  8. Asas - GNR Eu sou aquele - Excesso Avenidas - Anabela Com um brilhozinho nos olhos - Sérgio Godinho. CD 2 - Já não há canções de amor Neva sobre a Marginal - Luís Represas. Já não há canções de amor - Rui Veloso Versos de amor - Carlos Paião Para sempre - Xutos & Pontapés Dunas - GNR Louco.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *